PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Das 00:00:00 às 05:00:00
Com:

Região registra óbito por Febre Amarela

A Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo confirmou na última semana a morte de um homem na cidade de Serra Negra, por Febre Amarela. 
O caso é autóctone - quando é contraído na própria cidade. Este é o primeiro caso confirmado no ano de 2019 na região de Campinas. 
De acordo com reportagem do portal G1, a vítima, de 58 anos trabalhava como apicultor no município e não era vacinado contra a doença. Ele foi internado no Hospital de Clínicas da Unicamp e chegou a fazer um transplante de fígado, mas acabou morrendo no dia 25 de janeiro. Não existem outros casos suspeitos na cidade.
E Bragança? 
A reportagem da Nova Norte FM entrou em contato com a Secretaria de Saúde de Bragança Paulista, que informou por meio de nota que neste ano, até a presente data, não houve casos suspeitos. 
Todavia, dois saguis foram encontrados mortos no perímetro de Bragança e foram enviados para análises, que ainda não foram concluídas. 
A Secretaria informa que quem ainda não recebeu a dose da vacina, procure a Unidade de Saúde Dr. Lourenço Quilice, no Lavapés (aos munícipes que moram na zona urbana), ou, qualquer Unidade da Zona Rural (aos que moram nesta região do município). 
A vacina é indicada a partir dos 9 meses de idade. Aos que procurarem pela vacina, o profissional de saúde irá realizar um questionário para saber se a pessoas é apta ou não para receber a dose.
Ainda segundo a Prefeitura, o percentual de pessoas vacinadas em Bragança Paulista é de 98%.
Em 2018 foram registrados três óbitos na cidade em virtude da Febre Amarela, sendo destes, dois casos importados e um autóctone.